como fazer cirurgia bariátrica pelo plano de saúde

Como fazer cirurgia bariátrica pelo plano de saúde? Qual a carência?

Como fazer cirurgia bariátrica pelo plano de saúde? Entre as muitas dúvidas de quem contrata um plano de saúde, uma delas é sobre como fazer cirurgia bariátrica pelo plano de saúde e qual o período de carência.

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

Para quem acabou de receber uma indicação médica e precisa realizar a cirurgia, depender do período de carência do plano de saúde pode se tornar uma grande preocupação, afinal, é a sua saúde que está em jogo.

    Seu plano de saúde sofreu reajuste e ficou muito caro? O Blog Saúde te ajuda a reduzir custos! Tenha acesso aos melhores médicos, hospitais e clínicas do país! Registre-se agora!



    Por isso, nesse artigo explicaremos tudo o que você precisa saber sobre como fazer a cirurgia bariátrica pelo plano de saúde. Fique atento nos próximos parágrafos e tire todas as suas dúvidas.

    Cirurgia bariátrica pelo plano de saúde – Existe carência?

    como fazer cirurgia bariátrica pelo plano de saúde

    Embora para você a cirurgia de redução de estômago seja um procedimento considerado de emergência, vale ressaltar que para as operadoras de plano de saúde é necessário que haja um período de carência para a sua realização.

    De um modo geral, para procedimentos mais complexos ou cirúrgicos, por exemplo, a exigência é que haja carência de no mínimo 180 dias, ou seja, 6 meses.

    Portanto, o período de carência para a cirurgia bariátrica acaba sendo o mesmo período de carência de outros tipos de cirurgia.

    O plano de saúde cobre a cirurgia bariátrica?

    Essa é uma questão muito comum aos usuários de planos de saúde. Porém, é preciso obervar as particularidades de cada caso, pois não é sempre que o plano oferece cobertura.

    Por exemplo, se fazer a cirurgia bariátrica foi uma decisão sua e não uma recomendação médica, se essa decisão é decorrente apenas de fatores estéticos, por exemplo, o plano de saúde não é obrigado a cobrir o procedimento.

    Já no caso de a cirurgia bariátrica partir de uma recomendação médica, aí sim, o plano de saúde não só poderá fazer como será obrigado, haja vista que em alguns casos a obesidade pode colocar em risco a saúde e até mesmo a integridade física do paciente.

    Outro ponto importante a ser esclarecido é que em alguns casos previstos em lei o plano de saúde oferece a cobertura do procedimento mesmo ele sendo estético, desde que esteja relacionado à saúde do paciente.

    Como exemplo temos o caso da retirada de excesso de pele pós bariátrica, a cirurgia de reconstrução da mama, cirurgias plásticas pós lesões graves, etc.

    Há alguma possível variação no período de carência da cirurgia bariátrica?

    Há dois casos específicos, a saber:

    1 – O usuário contrata o plano de saúde sem que disponha de qualquer problema relacionado à obesidade.

    Durante o período de carência de procedimentos complexos, no caso os 180 dias, o usuário do serviço adquire obesidade (ser diagnosticada pelo médico).

    Se a recomendação médica for a cirurgia bariátrica, tão logo seja concluída essa carência a cirurgia já poderá ser realizada, pois não havia indícios anteriores da doença.

    2 – O paciente já era obeso e decidiu aderir ao plano, ou seja, a obesidade já era pré-existente no paciente.

    Neste caso, por ser uma condição pré-existente ele deve aguardar 24 meses para só então realizar o procedimento cirúrgico de diminuição do estômago.

    Essa atitude não chega a ser abusiva por parte do plano de saúde. Na verdade, trata-se de uma postura necessária para que este possa manter o equilíbrio na cobertura de suas atividades e atender a todos de maneira satisfatória.

    Essa decisão inclusive não parte das operadoras de planos de saúde, mas da própria Agência Nacional de Saúde Suplementar.

    Como fazer cirurgia bariátrica pelo plano de saúde

    Agora que você já sabe como fazer cirurgia bariátrica pelo plano de saúde, converse com seu médico, consulte seu plano caso seja necessário e, principalmente, cuide diariamente da sua saúde.

    Independente do procedimento a ser realizado, é muito importante que você cuide da sua qualidade de vida e tome medidas preventivas, incluindo em seu cotidiano atividades saudáveis e prazerosas. E ouça seu médico, sempre!

    Gostou do texto? Tem alguma experiência com a carência do plano de saúde na cirurgia Bariátrica? Deixe aqui seu comentário!