Chapter 3 Research Paper Guide Esl Academic Essay Ghostwriter For Hire Usa My Lifes Journey Reflections Of An Academic Essay How To Write A Letter Of Recommendation For Film School Medical Billing Coding Book Reviews Best Proofreading Taq
plano de saúde para recém nascido

Plano de Saúde para Recém Nascido: Saiba Tudo Sobre!

Está em busca de um plano de saúde para recém nascido? A chegada de uma criança ao mundo gera muitas expectativas e cercada de cuidados da parte de todos da família. Nesse sentido, um dos primeiros cuidados que a família tem é em conseguir um plano de saúde para recém-nascido.

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

Mas quais são as condições colocadas pela legislação para o atendimento de bebês pelos planos de saúde? Existem algumas regras que devem ser conhecidas pelos pais ou responsáveis para que possam proteger o bebê.

Seu plano de saúde sofreu reajuste e ficou muito caro? O Blog Saúde te ajuda a reduzir custos! Tenha acesso aos melhores médicos, hospitais e clínicas do país! Registre-se agora!



Para falar em mais detalhes acerca desse assunto, apresentamos as principais regras estabelecidas pela lei e como fazer para manter o recém-nascido segurado. Confira!

AS REGRAS DE PLANO DE SAÚDE PARA RECÉM NASCIDO

plano de saúde para recém-nascido

É muito comum que os pais de filhos recém-nascidos queiram incluir estes em seus planos de saúde.

Esta é inclusive uma atitude muito recomendada, haja vista que toda a assistência deve ser prestada ao bebê nos primeiros dias de vida.

Nesse período, a criança encontra-se muito vulnerável e exige maior atenção e cuidados.

Mas é possível fazer essa inclusão? Como realizá-la? Sim, é possível fazê-la. Esse procedimento pode ser feito de duas formas diferentes.

A primeira forma é aquela em que os pais ou responsáveis decidem incluir o bebê em um plano de saúde preexistente.

A Agência Nacional de Saúde, instituição responsável por regular a questão, dita que os pais podem fazer a inclusão dos recém-nascidos em seus planos de saúde.

Somente para exemplificar, em casos nos quais o bebê é incluído no plano de saúde da mãe, a mesma carência desta passa a valer também para ele.

No entanto, é importante fazer uma ressalva em relação a essa regra. Para que essa carência seja válida para a criança, é importante que a inclusão seja feita nos primeiros 30 dias de vida.

O maior benefício dessa maneira de adesão é que se permite ao bebê a utilização imediata do plano, sem necessidade de cumprimento de prazo de carência.

Pode-se optar também por incluir o bebê em um novo plano. Nesse caso, recomenda-se a adesão a planos especializados em atendimento a recém-nascidos, haja vista as necessidades de atendimento especiais nessa fase.

ALGUMAS SITUAÇÕES ENVOLVENDO O USO DO PLANO DE SAÚDE PARA RECÉM NASCIDO: SANANDO ALGUMAS DÚVIDAS

Bebê que necessitam de cuidados médicos especiais

Nesses casos, a cobertura deve ser oferecida normalmente pelo plano de saúde.

Isso porque recusar o atendimento a bebês que tenham nascido com doenças ou que necessitem de tratamentos dispendiosos é ilegal. O aumento da mensalidade nesses casos também fere a legislação.

Garantindo a inclusão do bebê em um plano de saúde

É importante salientar que esse procedimento não é feito de maneira automática pelo plano de saúde.

Dessa forma, deve ser preocupação dos pais ou responsáveis entrar em contato com o plano e solicitar a inclusão.

Sobre as normas relativas à inclusão de recém-nascido

Outro ponto muito importante é que a regra para inclusão do bebê no plano dos pais não varia de acordo com a seguradora dos pais. Também não deve haver período de carência.

Trata-se, portanto, de uma regra única: todos os planos ficam obrigados a incluir os filhos dos pais segurados até 30 dias após o nascimento.

Sobre serviços prestados logo após o nascimento

É comum que o bebê precise ter acesso a alguns procedimentos no período que vai do nascimento até a inclusão no plano de saúde dos pais.

Nesses casos, esses procedimentos não devem ser cobrados pelo plano. Mas, para isso, é importante que a cobertura abarque condutas de obstetrícia.

UM CUIDADO FUNDAMENTAL

Concluímos que ter a preocupação de buscar informações acerca desse assunto é fundamental para que os pais possam resguardar a saúde do bebê.

Ter um plano de saúde para recém-nascido é essencial para pais que desejem tranquilidade na hora de ter filhos.

E você, já pensou como vai fazer a inclusão do seu filho em um plano de saúde? Comente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *